Tiradentes: a história por trás do feriado

20 de abril

Tiradentes: a história por trás do feriado

Feriados são sempre muito aguardados por quem passa o ano todo trabalhando e espera ansiosamente por um momento de descanso. Mas, muito além dos dias livres e longe do trabalho, boa parte dos feriados do país tem também sua importância histórica. No próximo dia 21 de abril comemora-se o feriado de Tiradentes. Mas você sabe quem foi esse homem e qual a sua importância para a história do país? Nós te contamos tudo neste artigo!

 

Quem foi Tiradentes?

 

Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, nasceu em 12 de novembro de 1746, na Fazenda do Pombal, em Minas Gerais, onde hoje localiza-se a região de Ritápolis. Joaquim era filho de pais portugueses e na época, vale lembrar, o Brasil ainda não era independente e era governado pela corte de Portugal. Seus pais morreram bem cedo, quando ele ainda tinha 15 anos de idade e ele ficou aos cuidados de um tio seu, dentista, que acabou ensinando o ofício ao sobrinho, o que acabou lhe rendendo o apelido de Tiradentes. Mas apesar de ter aprendido qualquer coisa como dentista, ele era oficialmente tropeiro, militar e minerador.

E foi justamente como minerador que ele começou a perceber que a corte Portuguesa não era a mais justa das cortes com os brasileiros. Tiradentes viu que se cobrava impostos abusivos sobre a mineração e esses impostos começaram a ficar ainda mais caros assim que os minérios foram ficando mais escassos. E foi aí que ele liderou um grupo que começou a lutar contra esses impostos abusivos e deu início ao que chamamos de inconfidência mineira.

 

Inconfidência mineira

 

Tiradentes liderou esse grupo que lutava contra os abusos da coroa portuguesa. Juntos, eles organizaram uma revolta e com ela planejavam lutar contra a cobrança de impostos. O problema é que dias antes da revolta - que ficou conhecida como Inconfidência Mineira - de fato acontecer, Joaquim José e seu bando foram delatados e vários dos integrantes do grupo foram presos. Tiradentes não se acovardou diante das prisões e se organizou para soltar seus companheiros e por isso acabou sendo o único do bando a ser condenado à morte.

Ele foi enforcado para servir como exemplo do que aconteceria caso outros quisessem se revoltar contra a corte. A partir daí se tornou um mártir nacional e uma inspiração para novas revoltas. Em 9 de dezembro de 1965, a data de sua execução foi decretada feriado nacional.

 

Aproveite o feriado

 

Agora que você sabe a história por trás do feriado, por que não aproveitar também a data para descansar e passar um tempo pertinho da família? O Hotel Fazenda Dona Francisca aproveitará a data para promover entre os dia 20 e 22 de abril uma experiência cultural chamada “Os Mistérios da Cultura Bugre”. Durante o período, teremos contação de histórias, trilhas ecológicas e ainda uma visita ao Castelo dos Bugres, estonteante formação rochosa que fica nos arredores do Hotel. É uma ótima maneira de passar o feriado bem pertinho da família e ainda aproveitar para conhecer mais um pouco sobre a cultura local. Entre em contato e solicite o um orçamento.